modelos de banners
Quais os modelos de banners mais usados nos Pontos de Vendas (PDV)?
5 de março de 2019
5 ideias de ações de marketing promocional para sua loja física
5 ideias de ações de marketing promocional para sua loja física
12 de março de 2019

Sabemos que organizar eventos é uma tarefa difícil e requer atenção aos mínimos detalhes. Mas, mesmo por um descuido, não expor a marca do seu patrocinador é um grave erro que você pode cometer ao promover qualquer evento.

Eis algumas dores de cabeça que você pode ter em relação a isso:

Problema 1: por não ter exposto a marca do seu patrocinador, ele não terá o devido retorno

Esse é o problema mais óbvio, não é mesmo? Afinal de contas, um dos principais motivos pelos quais as empresas investem dinheiro (ou produtos e serviços, no caso de permutas) é a exposição de suas marcas para o público do seu evento.

E se por algum motivo você não expor a marca do seu patrocinador, ele não terá o mínimo de retorno que pode se transformar em mais clientes para ele. Em outras palavras, ele não recebeu o mínimo que você prometeu entregar.

E isso vale também para a má exposição da marca do seu patrocinador, hein? Colocar ele lá no cantinho no dia do evento, sem nenhuma sinalização, também é algo que pode te trazer problemas.



Problema 2: A sua marca cairá em descrédito no mercado empresarial

Isso é sério. Imagine que você investiu horas do seu tempo e utilizou horas do tempo do seu patrocinador explicando o projeto, os custos, as contrapartidas e, na hora da divulgação em si, simplesmente não expôs a marca dele conforme o acordado.

Automaticamente você cairá em descrédito para essa empresa, e, dependendo do tamanho da participação dela no mercado e como influenciadora, a sua marca sofrerá uma boa desvalorização – o que te prejudica nas vendas, e, ainda, na criação de outros eventos.

Problema 3: Ele pode promover um marketing negativo (mesmo que sutil)

Já reparou como é comum determinadas campanhas de publicidade “alfinetarem” outras empresas? Pois isso pode acontecer com você, caso você não exponha a marca do seu patrocinador conforme fora previamente combinado.

E esse marketing negativo pode acabar se tornando uma boa dor de cabeça, ainda mais em tempos de redes sociais, onde as pessoas se agrupam e clientes fiéis de uma marca podem denegrir a sua imagem por conta disso.


Ajude no crescimento de alguém.
Compartilhe este texto por WhatsApp.

Problema 4: Ele poderá mover um processo contra você

Se houve a formalização do patrocínio, seja por contrato formal ou por mensagens acordadas entre vocês, e, por qualquer motivo, você descumprir o acordo de exposição, a marca patrocinadora poderá mover um processo contra você ou sua empresa.

Aliás, dependendo do caso, caberá processo inclusive com pedido de indenização por danos morais ou materiais, conforme o Código Civil. Então, fique atento.

Problema 5: Será mais difícil conseguir patrocinadores para os próximos eventos

Depois de todos os problemas anteriores, outra triste consequência da não exposição da marca do seu patrocinador é a dificuldade de realização de novos eventos.

Isso porque a sua empresa gerará desconfiança no mercado, o que pode impedir que se firmem novas e ótimas parcerias. E como a criação e/ou a participação em eventos é importante para a construção de uma marca sólida, isso certamente pesará contra você.  

Fica a dica:

  • Faça um contrato por escrito com os seus patrocinadores, informando os detalhes de como será a exposição da marca deles durante a divulgação e durante o próprio dia de evento.
  • Mostre fotos ou maquetes de como será a exposição dessas marcas, sejam em camisas, brindes, wind banners, cartazes, redes sociais, etc. Às vezes, por falta de comunicação e planejamento, determinada empresa pode criar a expectativa de que seu logotipo ou seu estande ficarão expostos de uma certa maneira, e esse desentendimento pode gerar uma boa dor de cabeça.
  • Diversifique os meios de exposição da marca do seu patrocinador. Quanto mais a marca dele ser associado ao seu evento, melhor para ambos.

E por falar em diversificação, existe um meio de expor a marca do seu patrocinador que cabe em todos os tipos de eventos (e em seu bolso): o uso de wind banners ou infláveis promocionais.

Nesse caso, confira 5 motivos para usar wind banners em suas publicidades. Até a próxima!

Luis Silvestre
Luis Silvestre
Luis Silvestre é proprietário e fundador da RVB Balões e Infláveis empresa com 20 anos e líder de mercado na fabricação de infláveis promocionais. No Balonismo é tetracampeão brasileiro e presidente da Federação Paulista de Balonismo. Em 2017, com sua esposa Livia Silvestre e sócia Amanda Ferreira fundaram a GoBanners Comunicação Visual, empresa focada na produção de Wind Banners e Banners Roll Up.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: