dicas para criar um Wind Banner de sucesso
5 dicas para criar um wind banner de sucesso
4 de novembro de 2019
Porta Banner Roll Up como utilizá-lo em seu evento
Porta Banner Roll Up como utilizá-lo em seu evento
28 de novembro de 2019

Exemplos de Trade Marketing bem sucedido não faltam no mercado brasileiro e estrangeiro.

Afinal de contas, essa técnica já está presente na rotina das empresas há muitos anos e cada dia vem se reinventando com o uso de ferramentas tecnológicas.

Apenas para relembrar o que já dissemos neste post aqui: trade marketing é uma estratégia B2B (ou seja, entre empresas), cujo objetivo é criar ações de promoção de vendas de determinados produtos. É uma parceria entre o fabricante do produto e as empresas que vendem. 

É por isso que o supermercado é um dos principais exemplos de Trade Marketing que conhecemos: as prateleiras são repletas de marcas, e, rotineiramente, existem ações que promovem determinados produtos em detrimento de outros – a degustação de uma marca de café, por exemplo. 

Portanto, separamos a seguir 3 cases de sucesso de Trade Marketing para você se inspirar e também promover ações que aumentem as suas vendas.

Exemplo 1: a estratégia da TIM para promover seus produtos em PDVs

A TIM é uma das gigantes do mercado de telefonia móvel, mas nem por isso deixa de praticar ações promocionais para permanecer em evidência e vender mais.

No caso do trade marketing, a ação teve o foco em modificar as estratégias de vendas e distribuição dos produtos nos 2 mil PDVs de três estados: Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Na prática, a marca entendeu que nesses locais, apenas a ação do promotor fixo com os clientes já não funcionava. Nesse caso, foi necessário investir na contratação de um promotor virtual, um promotor volante e um especialista de suporte e vendas. 

Nesse caso, a TIM investiu em treinamento que formava e até premiava os promotores de destaque. Com essas simples medidas, o atendimento passou a ser mais eficiente, melhorando a experiência do cliente na hora de comprar o produto. Aliás, essa ação também possibilitou o aumento de vendas nos PDVs que não tinham promotores de vendas físicos. 

Exemplo 2: HP

Outro dos exemplos de Trade Marketing diz respeito à empresa Hewlett Packard (HP), conhecida fabricante de impressoras.

A aposta da marca foi utilizar a tecnologia nas ações de Trade Marketing para aumentar as vendas, aproveitando o crescimento do e-commerce, mas sem deixar de lado o investimento nas lojas físicas. 

Com isso, os objetivos da ações de Trade Marketing da HP eram os seguintes:

  • Realizar parcerias e estreitar o relacionamento com os varejistas que vendiam os produtos HP;
  • Gerar vendas incrementais do hardware HP;
  • Compreender o ROI (Retorno Sobre o Investimento) nas estratégias de marketing utilizadas. 

Para atingir esses objetivos, foram quatro exemplos de Trade Marketing implementados:

  1. Acompanhar a taxa de conversão nos sites dos diversos parceiros que vendiam os produtos no varejo online;
  2. Investir em Google AdWords e em DoubleClick Bid Manager (plataforma da Google que ajuda no planejamento e no acompanhamento de campanhas virtuais);
  3. Compartilhamento dos dados com os parceiros de varejo;
  4. Redirecionamento de clientes utilizando uma lista de cookies unificada. 

Nesse caso, essas ações de trade marketing no ambiente online proporcionaram dois resultados importantes à HP: o dobro de conversões (vendas) e um ROI quatro vezes maior nas vendas online. 

Exemplo 3: Sony e Budweiser

Esse case é um dos exemplos de Trade Marketing mais conhecidos do mercado publicitário, inclusive foi eleito conquistou o prêmio de Melhor Campanha de Trade Marketing da Associação de Marketing Promocional (Ampro). 

A ação ocorreu durante a Copa do Mundo de 2014 no Brasil. Na prática, a marca de cerveja Burdweiser e a marca de produtos eletrônicos Sony distribuíram prêmios a clientes que assistiram aos jogos em bares de São Paulo e que fizeram suas apostas em um site desenvolvido para o evento. 

A premiação não era dada em dinheiro. Quem acertava o resultado dos jogos ganhava produtos dos dois patrocinadores. 

Além dessa ação de trade marketing – ou seja, a parceria entre duas fabricantes –, outro destaque foi para as estratégias nos próprios locais da ação. 

As duas marcas investiram na criação de um ambiente nos bares que gerassem expectativa nos participantes – inclusive a instalação de televisores Sony de 70 polegadas. 

Como resultado, mais de 100 mil pessoas foram impactadas de forma direta nessa campanha de trade marketing. 

E então? Está mais inspirado em também criar parcerias com as fabricantes dos produtos que você vende, para, juntos, investirem em trade marketing?

Complemente esse assunto conhecendo as melhores práticas e dicas de vendas para PDVs

Luis Silvestre
Luis Silvestre
Luis Silvestre é proprietário e fundador da RVB Balões e Infláveis empresa com 20 anos e líder de mercado na fabricação de infláveis promocionais. No Balonismo é tetracampeão brasileiro e presidente da Federação Paulista de Balonismo. Em 2017, com sua esposa Livia Silvestre e sócia Amanda Ferreira fundaram a GoBanners Comunicação Visual, empresa focada na produção de Wind Banners e Banners Roll Up.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: