Divisória Antiviral para Supermercado
Proteção para supermercado: uma alternativa para se proteger da COVID-19 e superar a crise econômica
8 de abril de 2020
Túnel de desinfecção aliado no combate ao Coronavirus
Túnel de desinfecção se torna forte aliado no combate ao Covid-19
28 de abril de 2020

Em tempos de isolamento social por conta da pandemia de COVID-19, tornou-se ainda mais importante que as marcas reforcem suas estratégias de branding.

Afinal, como muitos empreendimentos foram afetados pelas medidas de restrição, o valor das marcas precisa ser visto pelo seus clientes ativos e também pelos prospectos (potenciais clientes).  

Nesse caso, no artigo de hoje você vai conferir algumas dicas que podem ser feitas, tanto para negócios locais quanto para empresas que estejam funcionando de forma online nesse período. 

O que é branding e qual é a sua importância nestes novos tempos?

O branding é um bom e velho conhecido das equipes de publicidade e marketing. Trata-se de um trabalho de gestão de marcas que tem vários objetivos, tais como:

  • aumentar a visibilidade da marca no mercado;
  • garantir a relevância da marca;
  • manter a boa reputação da marca;
  • certificar-se que todos os envolvidos conheçam de fato o posicionamento da marca no mercado.

Viu só? O branding é uma estratégia que cria e aumenta a forma positiva como a marca é percebida no mercado. Ou seja, o valor dela. Quando clientes valorizam uma marca, eles sentem satisfação de consumi-la.  

Na prática, o branding trabalha de forma a planejar, estruturar e gerenciar a marca no mercado, para que o público a enxergue como uma empresa de valor e que causa boas sensações e lembranças.

Percebeu como em tempos de isolamento social isso é essencial? Aliás, o branding é uma das principais estratégias que devem ser feitas nesse período. 

Estamos vivendo uma ruptura em nossa rotina e as pessoas precisam sentir que as marcas estão ligadas nestes acontecimentos e que estão criando soluções para que a vida delas seja a melhor possível. Afinal, o objetivo de cada produto e serviço sempre foi – e continuará sendo – resolver problemas e atender aos desejos das pessoas. 

Leia também: 5 dicas de marketing para aumentar as vendas.

Como adotar o branding em tempos de isolamento social?

Bom, até este ponto do artigo, você já sabe que o branding é um trabalho de gestão de marcas que ajuda a reforçar o seu posicionamento no mercado, e, consequentemente, aumentar seu valor. 

A seguir, confira algumas dicas de estratégias que podem ser feitas em tempos de distanciamento social:

Fortaleça a comunicação da marca nas redes sociais

Com mais pessoas em casa, nada mais justo do que reforçar a comunicação com seus clientes e potenciais clientes nas redes sociais.

Aliás, é por isso que aumentou exponencialmente o uso das lives, seja no YouTube, no Instagram ou no Facebook. É uma forma de aproximar marcas e artistas de seus públicos, gerando até novas formas de obtenção de receita. 

Nesse caso, é importante saber como o seu público se comunica e o que ele tem feitos nas redes sociais. Mesmo que a sua marca não faça lives, crie stories e postagens no feed com dicas, ideias, bastidores, lembretes e – por que não, memes. A ideia aqui é humanizar. 

Enfim, esteja presente nestes tempos de isolamento social. 

Saiba mais: Como alinhar as estratégias de marketing online e offline.

Reforce o lado social da empresa e crie parcerias estratégicas

Estamos vendo o aumento de ações positivas que as marcas têm feito no enfrentamento da pandemia. Eis alguns exemplos:

  • a GOL está oferecendo passagens aéreas gratuitas para profissionais de saúde que precisam se deslocar para realizarem atendimentos;
  • a L’Oréal está produzindo 750 mil unidades de álcool em gel e outros produtos de higiene para serem doados a hospitais e comunidades.

Além disso, várias empresas estão se unindo em parcerias estratégicas para criarem projetos sociais, como, por exemplo, o projeto “Heróis Usam Máscaras“, apoiado por grandes bancos que atuam no Brasil. Nele, 64 costureiras da comunidade de Heliópolis (SP) foram contratadas temporariamente para confeccionarem máscaras para doação aos moradores da comunidade. 

Então, o que a sua marca pode fazer pela comunidade no entorno? 

Mesmo em tempos de economia abalada, é possível se unir a outras marcas para que, juntos, vocês consigam colocar em prática projetos que ajudem pessoas – não apenas em relação a medidas de proteção, como também de doação de alimentos e outros itens essenciais a pessoas necessitadas. 

Aliás, essa dica pode se estender até depois da pandemia, o que acha?

Adeque a linguagem e os produtos aos novos tempos

Em tempos de pandemia e isolamento social, é preciso cuidar para que a comunicação e até mesmo os produtos e serviços oferecidos estejam de encontro aos novos tempos.

Se você tem uma empresa de turismo, por exemplo, é possível adequar a comunicação e as dicas que dá aos clientes – falar sobre documentários e livros interessantes sobre destinos, ou, ainda, criar campanha nas redes sociais para que as pessoas contem sobre viagens inesquecíveis que já fizeram. Isso aproxima e engaja. 

Mesmo que o seu cliente não possa viajar no momento, um dia ele poderá e se lembrará da sua empresa. Enquanto isso, ele pode viajar “sem sair de casa” com as suas dicas, enquanto você pensa em outros produtos e serviços que pode comercializar nessa época. 

O mesmo vale para os produtos. A linguagem adotada para promovê-los deve estar adequada ao novo cenário. Vale a pena pensar em ofertas personalizadas, em atendimento em forma de consultoria e outras medidas para atrair clientes. 

Reforce as medidas de proteção se a sua empresa é física

Por fim, outra boa estratégia de branding é você transmitir segurança e confiança aos seus clientes do seu empreendimento físico.

Se o seu estabelecimento funciona por delivery, proteja os seus colaboradores com máscaras e álcool em gel portáteis, por exemplo.

Caso ele esteja permitido de abrir, adote todas as medidas de proteção para evitar a disseminação do novo coronavírus, tais como:

  • distância demarcada para evitar aglomeração de pessoas;
  • túnel inflável de sanitização, que é um túnel de desinfecção colocado na entrada do estabelecimento;
  • álcool para que aos clientes higienizem as mãos;
  • Divisória antiviral entre o balcão de atendimento e o cliente. 
CTA Divisórias de Proteção

Tudo isso aumentará o valor da sua marca no mercado, pois os clientes saberão que a sua empresa está preocupada com a saúde dos próprios funcionários e das pessoas em geral.

E então? Gostou das dicas de branding? Assine a nossa newsletter para receber mais dicas e conteúdos para o seu negócio não parar em tempos de crise.

Juntos, somos mais fortes!

Luis Silvestre
Luis Silvestre
Luis Silvestre é proprietário e fundador da RVB Balões e Infláveis empresa com 20 anos e líder de mercado na fabricação de infláveis promocionais. No Balonismo é tetracampeão brasileiro e presidente da Federação Paulista de Balonismo. Em 2017, com sua esposa Livia Silvestre e sócia Amanda Ferreira fundaram a GoBanners Comunicação Visual, empresa focada na produção de Wind Banners e Banners Roll Up.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: