modelos de e-mail para você enviar aos clientes
5 modelos de e-mail para você enviar aos clientes
4 de maio de 2019
Como planejar uma Ação Promocional
Como planejar uma Ação Promocional
3 de junho de 2019

O que é Live Marketing?

live marketing com wind banners

O mundo do marketing é repleto de informações e técnicas – e isso é uma ótima notícia se você tem uma empresa, quer crescer e gerar clientes fiéis e encantados com a sua marca. Nesse caso, você já ouviu falar de Live Marketing?

Trata-se de um termo cunhado recentemente, mas que utiliza uma abordagem já conhecida por muitas empresas, pois pode trazer excelentes resultados.

Portanto, separe alguns minutinhos para entender tudo sobre esse tema aqui no blog da GoBanners. Abordaremos os seguintes assuntos:

  • O que é Live Marketing?
  • Qual é a diferença entre Live Marketing e Marketing Promocional?
  • Como colocar em prática o Live Marketing para aumentar as vendas?
  • Um resumo de tudo o que você aprendeu sobre Live Marketing.

Preparado? Então pegue um cafezinho e vamos conversar!

O que é Live Marketing?

O termo Live Marketing foi criado em 2013 pela Associação de Marketing Promocional (AMPRO), cujo lançamento se deu no 1º Congresso Brasileiro de Live Marketing ocorrido no mesmo ano em São Paulo. 

Trata-se das atividades de marketing que proporcionam uma experiência viva entre as marcas e as pessoas. Em outras palavras, são ações promocionais que estimulam e provocam uma compreensão diferenciada por meio de experiências sensoriais, que mexem com os sentidos das pessoas, gerando engajamento.

Na prática, o Live Marketing abrange todas as ações ou campanhas onde o cliente (ou potencial cliente) está numa relação direta com o produto, o serviço ou a marca ao vivo, o que provoca experiências que resultam em vendas ou em valor para a marca.

Essas ações podem ser tanto onlines (como, por exemplo, campanhas que envolvem as redes sociais) quanto offlines, como ações em pontos de venda. Mas falaremos sobre isso mais adiante no post.

Viu como é simples de entender? Talvez seja porque você já tenha ouvido falar em Marketing de Experiência – outro termo utilizado para se referir ao Live Marketing.

Para dar certo, o Marketing de Experiência deve ser baseado no chamado 3 V’s:

  • Verdade: as empresas têm o dever de serem verdadeiras em seus valores e em suas promessas. Isso aumenta as chances dos clientes terem experiências positivas logo no primeiro contato, além de aumentar a chance de conquistar novos clientes.
  • Vontade: muitas vezes, a vontade que o cliente sente de comprar o produto ou se relacionar com a marca (seguindo-a nas redes sociais, por exemplo) ocorre porque a empresa mostrou a sua verdade. A vontade também está relacionada ao contexto da conveniência, da disponibilidade e da experiência.
  • Valor: trata-se da união entre a pessoa e a empresa criada pela identificação que ela teve com a marca durante as ações de Live Marketing, principalmente no primeiro contato.

Qual é a diferença entre Live Marketing e Marketing Promocional?

Pode haver uma certa confusão entre Live Marketing e Marketing Promocional, mas isso é bem comum. Afinal de contas, um é a evolução do outro.

Entende-se por Marketing Promocional ações de oferecimento de produtos ou serviços para aumentar as vendas e posicionar a empresa no mercado. Ou seja, o objetivo desse tipo de campanha é tornar produtos ou serviços mais conhecidos e atrativos para os consumidores, atraindo novos clientes e fidelizando todos eles.

Nesse caso, podemos concluir que o Live Marketing é a evolução do Marketing Promocional, pois, na prática, a empresa pode até mesmo utilizar as mesmas ações de marketing promocional, mas com a diferença que elas precisam ser interativas, vivas. O foco desse novo tipo de marketing é proporcionar a melhor experiência positiva possível entre a empresa e o consumidor.

Quer um exemplo prático?

Vamos supor que você tenha uma loja de produtos eletrônicos.

Uma campanha de Marketing Promocional poderia ser, por exemplo, panfletar em locais em que transitam o seu público-alvo, concedendo um desconto a quem apresentasse o panfleto na loja, ou, ainda, alguma ação no Facebook apresentando uma série de vídeos curtos detalhando o uso dos produtos que você vende.

Uma campanha de Live Marketing pode até utilizar as mesmas estratégias, mas ela precisa focar na experiência sensorial das pessoas.

Exemplo de uma ação assim poderia ser montar um PDV com um banner em um local estratégico para que as pessoas experimentem os produtos eletrônicos – uns óculos de realidade virtual mostrando um vídeo que despertasse boas emoções, por exemplo.

diferença entre Live Marketing e Marketing Promocional

Ou, ainda, criar uma ação no Instagram onde as pessoas poderiam marcar uma foto no estilo “a foto da minha vida”, utilizando uma hashtag específica da marca e chamando atenção para um novo aparelho de celular que tem uma câmera diferenciada.

Percebeu a diferença? O Live Marketing é uma evolução do Marketing Promocional por se preocupar ativamente com a criação de experiências memoráveis ao seu público. E isso pode gerar um excelente retorno nas vendas e também na valorização da sua empresa no mercado.

Dá uma olhada em uma ação de Live Marketing da Coca-Cola feita em um supermercado:

Confira, ainda, uma ação de Live Marketing feita pela Natura em um aeroporto no Nordeste:

Como colocar em prática o Live Marketing para aumentar as vendas?

Comece dentro da sua empresa

Antes de realizar ações de live marketing para os consumidores, é importante que todo o seu time esteja engajado e abrace a ideia. Afinal de contas, como você quer criar uma experiência única para seus clientes se os próprios colaboradores não acreditam nisso e nem enxergam o valor da sua marca?

Então, antes de tudo, arrume a casa e invista em um ambiente de trabalho onde todos se sintam pessoas importantes do seu negócio – para isso, realizar treinamentos, entregar bonificações por desempenho, ter uma cultura de feedback e investir em ferramentas que aumentam a produtividade e otimizam os processos são bons exemplos de tarefas.

Feito isso, comece reorganizando a própria empresa para gerar essa experiência também nos clientes. Você pode inovar na vitrine da sua loja, mudar a forma como os produtos são expostos nas prateleiras, caprichar na iluminação, etc.

No ambiente online, você pode melhorar o site da empresa (tornar a navegação mais fácil e intuitiva), arrumar o feed das redes sociais e investir em novos formatos de conteúdo para o seu público.

Diversifique os seus pontos de vendas

Ainda no conceito de arrumar a casa, outra dica para te ajudar a colocar o Live Marketing em prática é você criar outros pontos de venda para o seu negócio, seja ele online ou offline. Isso vai aumentar as oportunidades de venda, além de aumentar as chances de você conquistar mais clientes com as estratégias.

E se o orçamento está apertado para criar PDVs fixos, não tem problema: invista em pontos itinerantes e que você sabe que o seu público estará. Por exemplo: crie PDVs em feiras, apresentações, competições, shows ou em ocasiões especiais – pensando sempre em proporcionar novas experiências aos consumidores.

Olha só um exemplo: em 2012, a empresa O Boticário lançou um projeto chamado “Essências de O Boticário”, em comemoração aos seus 35 anos, e percorreu algumas capitais brasileiras com um espaço de 90 metros quadrados.

Nele, os visitantes puderam ter experiências sensoriais ao relembrar os cheiros históricos de seus perfumes que ficaram na memória, bem como outras ações promocionais, como sorteios, brindes e descontos.

Utilize ferramentas de relacionamento offline e online

Se o Live Marketing é um Marketing de Experiência, não adiantaria nada você realizar ações esporádicas de sucesso, mas sem treinar a equipe para um atendimento que faça jus ao valor que a sua marca precisa transmitir.

Nesse caso, além de treinar a equipe, invista em diversificar os seus canais de atendimento – em algumas ocasiões, por exemplo, uma ligação pode ser mais eficaz do que um e-mail – desde que o atendente tenha empatia e fale a linguagem do seu público.

Foque, portanto, em proporcionar a melhor experiência de compra ao seu cliente, o que inclui um bom suporte e um bom pós-vendas.

Inove nas ações de marketing promocional

Por fim, já que o Live Marketing é a evolução do marketing promocional, é hora de inovar. Pense fora da caixa.

E não pense que para inovar é necessário investir em grandes estruturas de ações que custam caro. Olha só um exemplo do Restaurante João Sexto, que fez uma ação no centro do Rio de Janeiro e que resultou no aumento de 100% no movimento de clientes:

Viu só? Um ator contratado e ações de panfletagem e divulgação do cardápio foram suficientes para atrair a atenção do público, gerando burburinho e muita mídia espontânea.

Dê sempre novos olhares a situações cotidianas para surpreender o seu público.

Planeje bem suas ações de Live Marketing

Por fim, a dica é planejamento. Como você pode perceber nos exemplos que demos, tudo foi bem pensado antes de ser colocado em prática.

Considere, portanto, algumas questões:

  • Quais são os objetivos desta ação?
  • Quem é o público que a empresa precisa atingir?
  • Quais locais esse público costuma frequentar?
  • Qual é a verba disponível para a ação?
  • Caso ela dê certo, como a ação será divulgada e aproveitada pela empresa?

E, claro, procure sempre pesquisar outros exemplos de ações de Live Marketing – tem muitos cases bacanas na internet para você se inspirar.

Dá uma olhada nessa ação de Live Marketing da marca Sprite:

Ação de Live Marketing da marca Sprite na praia

Um resumo de tudo o que você aprendeu:

  • O Live Marketing é uma ação promocional que foca em criar uma experiência sensorial positiva no consumidor.
  • Ele se diferencia do Marketing Promocional justamente por ter esse enfoque, que vai muito além de vender mais produtos e divulgar promoções. Ele cria memórias.
  • É possível colocar em prática o Live Marketing tanto online quanto offline. Pense fora da caixa e de acordo com as necessidades e desejos do seu público-alvo.

E então, o que achou? Você já utiliza ações de Live Marketing em sua empresa? Conte a sua experiência nos comentários.

Aproveite que está estudando sobre técnicas e ferramentas para fazer crescer o seu negócio e confira as 8 etapas do processo de vendas. Até a próxima!

Acoes Promocionais dicas para realiza-las com sucesso - wind banner honda
Luis Silvestre
Luis Silvestre
Luis Silvestre é sócio-fundador e CEO da RVB Balões e Infláveis empresa com 19 anos e líder de mercado na fabricação de infláveis promocionais. No Balonismo é tetracampeão brasileiro e presidente da Federação Paulista de Balonismo. Em 2017, com sua esposa Livia Silvestre e sócia Amanda Ferreira fundaram a GoBanners Comunicação Visual, empresa focada na produção de Wind Banners.

2 Comments

  1. kito Mansano disse:

    Luis, muito bom seu material. parabéns.
    Apenas uma correção, o termo Live Marketing foi criado pela AMPRO, na minha gestão como Presidente da Associação.
    O marco de lançamento foi o 1 Congresso Brasileiro de Live Marketing que aconteceu no WTC São Paulo nos dias 29 e 30 de julho de 2013.
    O Promoview participou deste Congresso como mais um veiculo de apoio, época que ainda chamava o anuário de “Marketing Promocional”como segue neste link http://www.pdvnews.com.br/anuario-brasileiro-de-marketing-promocional/

    Importante esclarecer seu leitor sem causar confusão.
    Abraço
    Kito

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: